Centro Paula Souza
Governo de São Paulo
  • quarta-feira, 23 de abril de 2014
  • |
  • |
  • |

Pesquisar

 
 

Governo lança Aprendiz Paulista


20 de Agosto de 2009
  • Email
  • Assine
  • Compartilhar

O Governo de São Paulo lançou nesta quinta-feira, 20, o Aprendiz Paulista. Programa coordenado pela Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (Sert) em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento, que tem como objetivo estimular e agilizar a inserção de estudantes de 14 a 24 anos, das Escolas Técnicas (Etecs) estaduais, no mercado de trabalho.

A cerimônia contou com a presença do governador José Serra, do vice-governador, Alberto Goldman; do secretário do Emprego e Relações do Trabalho, Afif Domingos; do secretário de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin e da diretora superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá, entre outras autoridades.

“Para o jovem, o programa facilita a experiência profissional. Para o empregador, é um caminho para cumprir a cota de contratação de aprendizes determinada pela lei”, observou Serra.

O encontro entre os alunos e as empresas que procuram profissionais aprendizes será feito por meio do Portal Emprega São Paulo (www.empregasaopaulo.sp.gov.br), sistema online e gratuito de intermediação de mão de obra do governo estadual que reúne três programas da Sert – Emprega São Paulo, Aprendiz Paulista e Jovem Cidadão.

O estudante visualizará, no site do Aprendiz, as vagas adequadas ao seu perfil e ao curso em que está matriculado. Atualmente mais de 100 mil estudantes estão matriculados em cursos técnicos das Etecs administradas pelo Centro Paula Souza em todo o Estado. Desse total, aproximadamente 33 mil têm entre 14 e 24 anos de idade.

O Aprendiz Paulista será uma forma de auxiliar e incentivar os empregadores a cumprirem a cota legal de contratação de aprendizes estabelecida no artigo 429 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) – que determina que as empresas contratem, na condição de aprendizes, entre 5% e 15% de seu quadro de funcionários, cujas funções demandam formação profissional.

O aprendiz contratado receberá salário e vale-transporte e terá direito a 13° salário, férias e FGTS. O contrato terá, no máximo, dois anos. “É um programa de fundamental importância para as empresas que têm dificuldade no cumprimento da cota de aprendizes. Além de ter aprendizes de alto nível, as empresas não terão o custo do acompanhamento pedagógico, que aqui é feito pelo Estado. Ou seja, oferecemos os melhores aprendizes pelo menor custo para as empresas”, explicou Afif.

“Em cada Etec vamos ter um professor que vai acompanhar todas as etapas, desde a inscrição dos alunos, as entrevistas e todas as atividades desenvolvidas nas empresas. É muito importante a gente aliar à formação específica, todo esse conhecimento do mundo do trabalho”, afirmou Laura Laganá.

Os dados referentes a todos os alunos de 14 a 24 anos das Etecs serão incluídos no Portal Emprega São Paulo, na seção destinada ao Programa Aprendiz Paulista. Para participar o jovem deverá acessar o site e criar usuário e senha.

Central de Atendimento
O Aprendiz Paulista tem uma Central de Atendimento para esclarecer as dúvidas dos alunos e das empresas relativas ao programa e à navegação no do Emprega São Paulo. O telefone é o 0800-770-7378 e o serviço está disponível de 2ª a 6ª feira, das 7h às 22h, e aos sábados, das 7h às 13h. O interessado também a opção de enviar e-mail para aprendizpaulista@emprego.sp.gov.br ou comparecer a um dos 210 Postos de Atendimento ao Trabalhador (PATs) espalhados por todo o Estado – os endereços estão no site www.emprego.sp.gov.br/pat.

  • Email
  • Assine
  • Compartilhar
  • Twitter
  • Facebook
  • Tumblr
  • YouTube
  • Google Buzz
  • Picasa
  • Instagram
  • Compartilhar
 

Notícias


Mais notícias

 
 

Mapa do Site Mapa do Site

© Copyright 2011 - Centro Paula Souza - Todos os direitos reservados - Desenvolvido por AssCom